Pular para o conteúdo

5 dicas para montar um PC gamer barato e potente

Quem está adentrando ao mundo da tecnologia e busca um PC para jogar ou trabalhar, encontra no PC gamer uma das opções com melhor performance do mercado.

Porém, esses dispositivos já montados costumam ter valores bastante altos. Não à toa, é cada vez mais comum buscar formas para montar um PC gamer barato, com componentes separados que podem ser personalizados para atender melhor cada necessidade do usuário.

Pensando nisso, listamos abaixo cinco dicas que devem ser levadas em consideração na hora de criar seu computador para jogos. Confira:

Defina a finalidade do PC gamer

Apesar do nome, muita gente opta por utilizar o PC gamer para trabalhar, graças a sua performance de alto rendimento.

Tanto faz se a máquina é para trabalho, para jogar a lazer ou profissionalmente, é importante ter em mente essa mentalidade na hora de montar o dispositivo, pois cada uma delas pode exigir configurações específicas.

Quem vai levar a sério a vida gamer, por exemplo, pode precisar de componentes de gravação e outras telas para criar seu setup.

5 dicas para montar um PC gamer barato e potente
5 dicas para montar um PC gamer barato e potente

Invista nos componentes essenciais

Existem pelo menos três componentes principais para formar um bom PC gamer: placa de vídeo dedicada, memória RAM e o processador.

Eles, somados, vão permitir que o sistema rode jogos pesados, carregue suas imagens sem problemas e evite travamentos. Portanto, esses não são fatores para se economizar tanto.

É importante investir em uma RAM com pelo menos 8 GB de memória, além de um processador como Intel Core i7 ou Ryzen 7 e uma placa de vídeo separada da placa mãe.

Não deixe de lado o resfriamento

Por exigir alto desempenho dos equipamentos, os games podem acabar superaquecendo o sistema.

Por isso, vale a pena comprar um cooler de resfriamento para a máquina, criando dissipadores de calor extras para os componentes.

Escolha os periféricos de acordo com o nível de uso

Depois de montar o sistema de seu PC gamer, é tentador completar o setup com cadeiras específicas e acessórios como mouse e teclado com detalhes focados para esse público.

Porém, avalie o seu nível de uso para definir o que vai entrar ou não no seu orçamento. O básico é ter um mouse e teclado ergonômicos, que vão facilitar a usabilidade por muitas horas, e uma cadeira confortável.

Vá além da estética na hora de escolher o gabinete

Os gabinetes para PC gamer costumam ser chamativos e com detalhes em LED que chamam a atenção dos aficionados por tecnologia.

Porém, além de seu visual, é importante escolher uma carcaça que seja compatível com a quantidade de slots e a placa mãe que será instalada, entre outras coisas.

Portanto, a dica aqui é pensar no custo-benefício. Não adianta escolher o gabinete mais bonito, mas que não tenha a capacidade necessária para receber os componentes que você pretende integrar. Ou, ainda, que não caiba no seu espaço reservado.

É importante também se atentar para as versões que tenham entradas para fone de ouvido, microfone e os USBs para devices.

2 comentários em “5 dicas para montar um PC gamer barato e potente”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *