O crescimento do mercado de software no Brasil

O mercado de tecnologia no Brasil está em constante ascensão, o Brasil tem a nona posição no ranking global estando entre as 10 maiores potências tecnológicas do mundo. Em 2017 por exemplo, as empresas de tecnologia movimentaram 38 bilhões de dólares, um crescimento de 4,5% em relação a 2016 segundo dados da ABES (Associação Brasileira das Empresas de Software).

Esses dados agregam os negócios fechados por companhias de software, hardware e de serviços. As empresas que vendem equipamentos movimentaram 19,5 bilhões, enquanto as prestadoras de serviços e as desenvolvedoras de programas geraram 10,4 bilhões e 8,2 bilhões, respectivamente.

Esses números denotam que o mercado brasileiro está se tornando maduro em relação à tecnologia, e enquanto em 2014 67% dos investimentos totais eram feitos em hardware, em 2017 esse índice caiu para 51%. Sinal de que está na hora de investir em outras áreas da tecnologia além da de aparelhos digitais, o mercado estar em constante ascensão e tende a crescer mais ainda com os anos.

Mas qual é a diferença entre hardware e software? É simples, o hardware é a parte física do computador, placas, peças, discos rígidos, aparatos eletrônicos internos no geral. Já o software é a parte lógica do computador. É a manipulação, instrução de execução, redirecionamento e execução das atividades lógicas das máquinas. Todo programa ou sistema é um software. Ou seja, o software interpreta toda a capacidade do hardware da peça e transforma em atividades lógicas, programas ou atividades.

No mercado brasileiro sempre existiu uma demanda maior por hardware, nós temos uma produção forte de equipamentos com empresas grandes como a Positivo e um dos polos industriais mais fortes da América do Sul na Zona Franca de Manaus que abriga aproximadamente 600 industrias de alta tecnologia, onde um dos segmentos principais é o eletroeletrônico.

Porém, nos últimos anos houve um aumento gradual da demanda por programas e sistemas. Essa demanda e o crescimento se dão pois as inovações nessa área têm mudado cada vez mais a vida das pessoas e dos empresários. É impensável em 2018 um estabelecimento controlar estoque ou fluxo de caixa sem o auxilio de um bom suporte tecnológico, ou uma empresa trabalhar sem um bom servidor atrás de tudo.

Com o mercado em ascensão tem se tornado muito mais acessível no Brasil algumas novas tecnologias de software, nesse próximo ano já poderemos ver suas presenças em cada vez mais empresas comuns, vamos listar as 4 tecnologias que são tendência no mercado.

1 – Computação em Nuvem

A computação em Nuvem, ou Cloud Computing, é um termo que tem se tornado cada vez mais popular no mundo da informática. Ela oferece vários benefícios, como mobilidade, segurança, e ajuste dos serviços de acordo com a necessidade e capacidade do seu negócio.

Porém no Brasil hoje são poucas as empresas que largaram os servidores gigantes em prol de algo totalmente virtual.

Porém, com a melhora da conexão e o barateamento dos serviços de transmissão de dados, a Nuvem tem se tornado cada vez mais uma tendência real para o mercado de software do país.

2 – Aumento do uso das IAs

As Inteligências Artificiais trazem diversas vantagens para os negócios, como melhoria na tomada de decisões e uso mais sofisticado dos dados produzidos e armazenados pelas empresas. Além de por seu processamento de dados mais veloz, elas têm sido usadas com mais frequência no atendimento ao cliente, não se limitando a computadores, mas sendo capazes agora de entender palavras.

Com todos esses benefícios dessa tecnologia, cada vez mais empresas deverão adotar a IA em seus sistemas no próximo ano, tornando o uso mais acessível aos comerciantes e empresas de pequeno porte. Sendo muito útil para tarefas que movimentam muitos dados simultaneamente, como a organização e reposição eletrônica de estoque e produção de relatórios melhor estruturados.

3 – Expansão da “Internet das Coisas”

O uso da inteligência artificial em objetos do cotidiano (como roupas ou eletrodomésticos), é o que chamamos de internet das coisas. Esse tipo de tecnologia está em fase inicial no mundo todo, mas nos próximos anos a tendência é que as aplicações dessa tecnologia em objetos variados aumentem muito.

4 – Foco em Dispositivos Móveis

Os smartphones e tablets tem ocupado cada vez mais espaço e tempo em nosso cotidiano, no Brasil a quantidade de dispositivos móveis no mercado já é maior que o número de usuários. O setor de criação de aplicativos móveis tem estado em constante expansão no mercado, sendo aquecido tanto por empresas de fora buscando nosso mercado específico e internas que tem conquistado cada vez mais sucesso.

Diversas empresas locais estão focadas em produzir soluções para a otimização do tempo gasto com atendimento a dúvidas dos usuários e coletar informações estratégicas sobre o comportamento do consumidor para auxiliar na gestão de sua loja.

Essas são algumas informações úteis sobre o crescimento e as tendências mais fortes no mercado de softwares do Brasil atualmente. É um mercado com enorme potencial e centenas de profissionais capacitados, um investimento que tem dado cada vez mais retorno e tende a crescer indefinidamente nos próximos anos!

O crescimento do mercado de software no Brasil

5/5 (1 Review)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *