A tecnologia nunca para de avançar. Desde sua popularização, a cada temporada são lançados novos projetos de eletroeletrônicos, eletrônicos, aparelhos tecnológicos ou outros equipamentos.

Mas, afinal, o que esses equipamentos têm em comum? O ingrediente facilitador para seus usuários.

Vamos pensar nos telefones: quando começou a ser popularizado no Brasil, os telefones eram matéria rara. Apenas as famílias mais ricas tinham acesso a um aparelho, que era bastante limitado. Décadas depois, eles se tornaram mais comuns: foram barateados e alcançaram o gosto popular.

A tecnologia cumprindo seu papel inovador, permitiu que esses aparelhos também evoluíssem: chegaram os telefones celulares. Hoje, existem os smartphones.

Esses últimos estão sempre conectados e integrados aos demais eletrônicos da casa: desde às TV’s, computadores e até mesmo aos tablets e outros smartphones.

Se sua vida mudou e ficou muito mais confortável e cômoda com um simples aparelho utilizado para fazer ligações, imagine se sua casa for equipada com equipamentos que funcionam sozinhos, sem a sua interferência. Pensou? Isso é básico da chama Casa Inteligente.

O que é uma casa inteligente

A ideia de casa inteligente começou com o projeto de uma moradia que possui equipamentos eletrônicos e sistemas que funcionam de acordo com pré-programação. Por exemplo: você sai para trabalhar e deixa pré-programado seu micro-ondas para ligar automaticamente e cozer seu alimento próximo ao horário que você chega em casa. Dessa forma, ao entrar na casa seu alimento já está pronto.

Interessante, não é?! Esse conceito de casa inteligente é bastante antigo. Há décadas atrás, foram testados alguns protótipos dessas edificações que ofereciam até sistema de sucção de poeiras baixas, dessa forma a casa seria “auto limpante”.

Por mais que tudo isso possa parecer surreal, nós já utilizamos esses conceitos de pré-programação em nosso dia a dia. Quando você programa o desligamento automático de sua televisão após um determinado horário, você está aplicando alguns conceitos de casa inteligente em seu próprio ambiente.o que é uma casa inteligente

Leitura Relacionada:

O que elas podem fazer

A grande inovação no conceito “casa inteligente” está na interatividade entre os equipamentos eletrônicos portáteis que você possui e utiliza para as tarefas de sua rotina diária e sua própria residência.

O grande investimento das marcas tecnológicas pioneiras do mercado como a Apple, Samsung, Google, etc, está justamente aí: direcionar a conectividade de sua casa com seus produtos conectados, de forma que você tenha mais conforto e comodidade em seu dia a dia, com menos preocupação com tarefas cotidianas.

Algumas casas já possuem sistemas inteligentes, como aquelas que possuem:

  • Ajustamento de temperatura ambiente (para frio ou mais quente) automaticamente através da interação entre a casa e os equipamentos, de forma que a casa ative a temperatura ideal de acordo com os termômetros digitais;
  • O monitoramento da casa pode ser feito de qualquer lugar, online;
  • O sistema de eletricidade da casa inteligente corta automaticamente a transmissão de energia para tomadas que não estejam sendo ocupadas;
  • Sensores automáticos identificam vazamentos de gás e água, acionando sistema de comunicação ou emergência, para evitar acidentes desagradáveis;
  • Painéis solares captam a luz do sol e transformam em energia para aquecimento de água, por exemplo.

Além disso, novas ideias estão sendo testadas como acendimento automático de luzes através da conexão via wi-fi diretamente no smartphone do morador da residência: ao entrar em casa, as luzes se acendem; ao sair do cômodo, as luzes se apagam.

A interação entre máquinas de lavar, geladeira, fogão e micro-ondas, por exemplo, estão sendo testadas.

Custo x Benefício

Embora algumas ideias ainda estejam em fase de teste e implementação, as casas inteligentes existentes garantem maior conforto e comodidade aos seus moradores.

Além disso, elas são mais econômicas e sustentáveis, especialmente devido ao seu caráter de controle de funcionamento dos equipamentos na hora e dose certa.

Não se sabe ainda até onde essas casas serão atualizadas e quando estarão acessíveis ao público em geral, mas a ideia é extremamente fascinante. Vale a pena esperar para ver até onde esses projetos chegam.