Se você está atento ao mundo virtual provavelmente já ouviu falar no termo “Open Source” ou, como no português, código aberto. Mas, o que é Open Source e para que ele serve? Por que é tão importante entender este conceito no mundo virtual moderno?

Conceito que surgiu ainda na década de 90 e que possibilitou que sistemas como Linux fossem criados, o Open Source nada mais é do que o software livre. À época de sua criação, esses códigos deveriam oferecer, indispensavelmente, trabalhos derivados, licenças e não restrições.

A pergunta o que é Open Source poderia ser muito bem respondida com a simples definição de que esta é a melhor opção para a fomentada e crescente indústria de softwares e tecnologias.

O que é Open Source

Quando o Open Source pode ser usado?

Open Source costuma ser indicado especialmente para quem tem a possibilidade de contar com uma boa e qualificada mão de obra para cuidar de cada um dos detalhes da página. Essa necessidade se dá graças às características de cada empreendimento.

Outro ponto importante e imprescindível de se considerar no momento da escolha pelo open-source é que o fato deste tipo de código ser gratuito não significa o mesmo que ser barato. Isso porque, para ter resultados e estar realmente adequado ao ambiente, faz-se necessário investir, por exemplo, contratando uma empresa especializada.

Open Source não possui garantias. Entretanto, isso não significa algo ruim quando se está preparado com uma boa equipe profissional para atuar no empreendimento virtual, certo?

Por fim, vale lembrar que é possível ir do mais simples ao mais avançado e extremo de qualidade com uma plataforma open-source, isso porque basicamente todo este trabalho depende da capacidade de criação de quem está por trás da construção de cada página.

Quais plataformas usam o modelo Open Source?

Já foi mencionado neste texto que a Linux é um dos mais clássicos exemplos de aplicação do Open Source. Para se ter uma ideia, o sistema de código-aberto da Linux obteve melhorias provenientes de imponentes marcas do ramo, tais como HP, Google e Oracle. Todos contribuíram com o código que pode ser baixado e modificado conforme preferências.

Leia: Como escolher uma plataforma para sua loja virtual

Outro bom exemplo que usa o Open Source é a plataforma de Loja Virtual Magento, a principal plataforma da atualidade, com mais de 300 mil lojas virtuais ativas. O modelo possibilita que cada empreendimento virtual seja melhorado em sua individualidade.

Por fim, apesar de ser um dos modelos de plataforma mais procurado na atualidade, é possível que você encontre várias contraindicações. No geral, os grupos mais conservadores não se convencem da capacidade de segurança e da qualidade destes modelos.

Leia: Comparativo magento x opencart x woocommerce x prestashop as 4 plataformas mais utilizadas no mundo.

Ainda assim, é válido destacar que os dois fundamentos mais importantes que levam as pessoas a escolherem o modelo Open Source é o fato de que você tem maior flexibilidade e também controle sobre cada modificação, um recurso indispensável para quem quer ir mais longe. A relação custo x benefício se adequa bem nas projeções a curto e médio prazo.

Gostou de descobrir o que é Open Source? Aproveite agora para compartilhar esse conteúdo com quem também precisa dessa informação em suas redes sociais!