São muitas as pessoas que tem dúvida em relação ao mundo tecnológico que está cada vez mais com novos programas e sistemas. Mas um dos assuntos elementares em uma boa conversa e que algumas pessoas ainda não sabem o que é, ou qual a diferença entre hardware e software. Esse texto trás algumas explicações para você entender melhor essas duas questões básicas dessa interação entre os usuários e os computadores.

A primeira explicação bem simples é a seguinte: O hardware é a máquina e o software é o programa. Em uma analogia para poder compreender melhor, o hardware seria o corpo humano e o software o cérebro da pessoa. Assim fica mais fácil para memorizar, já que a mente humana para gravar algo mais facilmente precisa entrecruzar com alguma coisa que facilite essa compressão.

Ou em outra explicação mais fácil, o hardware é a parte física do computador, que são as peças e os equipamentos que fazem o computador funcionar e para memorizar ainda mais, o hardware pode ser tocado.  Os estudos envolvendo o hardware são conhecidos como a arquitetura de computadores.  Já o software é a execução da movimentação lógica das máquinas e quem o estuda é a engenharia de software. Agora ficou mais fácil de entender, não?

Leitura Recomendada:

 

Hardware e Software Diferença

Funções do Hardware e Software

  •  O hardware é um processador eletrônico de dados. Ele é formado por circuitos eletrônicos. Por ele podemos compreender o monitor, os cabos, teclados, gabinetes. A função do hardware é processar o software.
  •  O software por sua vez, é um conjunto de cadeias especiais de elementos simbólicos, o programa. Ele tem a função de fazer a interação entre o usuário e o hardware. Um exemplo é seu sistema operacional que pode ser o Windows, Linux, etc. e lembre-se, ele não pode ser tocado.

Por fim, esses dois juntos são elementos que formam um sistema de computação. Esses sistemas somente são possíveis com o hardware e software em execução. Podemos dizer que o desenvolvimento dos softwares é resultado do trabalho de uma equipe de profissionais em uma grande empresa ou que trabalham de forma independente que estão sempre planejando, programando e testando software baseado na ideia de um projeto.

 

Alguns exemplos

Na hora de comprar você pode notar que existem diversos tipos de software para a comercialização. Um deles é o freeware que é distribuído gratuitamente da internet e pode dissipar uma nova linha de aplicativos. De uma forma mais clara, softwares são os programas que você usa diariamente como Ares, Antivírus, Word, photoshop, esses são alguns exemplos. Agora ficou compreendido?

Algumas partes do hardware você pode adquirir separado como o mouse, teclado, monitor. Mas é importante prestar muita atenção no funcionamento da placa mãe, pois é nela que são conectadas as peças do computador e é ela que faz a conexão para tudo funcionar direitinho.

 

Pirataria

Com a divulgação mais rápida desses programas e suas vendas, também facilita a questão da pirataria. Então verifique sempre a origem dos hardwares e softwares, exija as embalagens originais, comprovantes e a certeza de que você está adquirindo um material de qualidade e com selo do INMETRO. Essa dica vale também para a comercialização do hardware, pois o mercado tem muitos fabricantes não homologados.