Desde a última quarta-feira dia 19 de setembro de 2018, usuários dos nove ônibus articulados da Urbi do Distrito Federal podem pagar a tarifa de ônibus com cartão de crédito ou débito que utilizem  a tecnologia contactless (cartões inteligentes que usam identificação por radiofrequência ou comunicação em campo próximo para fazer pagamentos).

A tecnologia implementado aos validadores funciona através de aproximação do  cartão contactless ao validador, onde a cobrança é feita sem a necessidade de senha. O validador também poderá se conectar a Smartphones ou smartwatches integrados a serviços de pagamentos e que utilizem a tecnologia contactless.

É uma tecnologia mundial. Por exemplo, alguém que venha de fora, de Londres, terá a tecnologia igual. Ele virá com o cartão e poderá usar no ônibus“, afirmou o secretário de Mobilidade do DF, Fábio Damasceno ao G1 DF.

Ainda conforme anuncio a novidade prevê oferecer mais economia, segurança e agilidade aos cidadãos. O Secretário destacou que até o ano que vem, todas as linhas do DF vão oferecer o serviço.

Distrito Federal testa tecnologia que utiliza cartões de débito ou crédito para pagar passagem de ônibus

A maior vantagem é a inclusão social. Isso vai ajudar que cada vez mais pessoas sejam bancalizadas. Elas começam a acostumar com o banco e a andar com menos dinheiro em mãos, isso gera segurança“, ressaltou o secretário.

Durante a coletiva de impressa que foi anunciado a novidade, também foi destacado pelo Secretário de Mobilidade do DF, Fábio Damasceno, o lançamento de um cartão benefício intitulado “Mais Cidadão Multifuncional”. O cartão benefício é decorrido de uma parceria entre a Secretaria de Mobilidade do DF, o Banco de Brasília (BRB) e a empresa de ônibus Urbi.

No início da próxima semana o serviço para solicitar o cartão Mais Cidadão Multifuncional deverá está disponível no site do BRBCard, onde o cidadão receberá as instruções para a emissão gratuita do cartão, que também poderá ser usado para fazer compras, pagar contas, receber benefícios ou salário, portar documento de identidade (RG), CPF, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e até mesmo prontuário médico da rede pública de saúde do DF.

Distrito Federal testa tecnologia que utiliza cartões de débito ou crédito para pagar passagem de ônibus

Ressaltamos que não é obrigado a adquirir o cartão Mais Cidadão Multifuncional, uma vez que os validadores dos ônibus aceitam todos os cartões da Mastercard. Os ônibus que forem implementados a tecnologia serão identificados através de adesivos expostos no veículo.

Fontes: Correio Braziliense e G1 DF