Que atire o primeiro grão de arroz quem nunca derrubou o celular na água! Ou quem não conhece alguém que já tenha passado por essa experiência aterrorizante e que deixa todo mundo de cabelo em pé!

O celular caiu na águam e agora?

Não entre em pânico

Antes de mais nada é muito importante que você não entre em pânico. Se o celular caiu na água você vai ter que tirar – seja no vaso sanitário, na piscina, no balde, na pia, na rua ou simplesmente de dentro da roupa ou bolsa super molhada após um dia de chuva muito forte.

Depois que você juntou coragem e salvou o celular do mundo aquático, é preciso manter o controle para agir serenamente e controlar a sua ansiedade: existe sim muita chance de ele continuar funcionando! Mas é importante que você siga essas dicas à risca, elas podem ajudar bastante:

  1. Desligue o celular – a água é condutora de eletricidade e ela podem facilitar a queima dos circuitos internos quase o celular continue ligado!
  2. Retire a capinha protetora e desmonte-o para retirada da bateria. Normalmente a capinha fica cheia de água e você só percebe mesmo na hora de tirar.
  3. Não se esqueça do chip! Retire-o calmamente, assim como a bateria.
  4. É hora de secar! Pegue um pano limpo e seco (ou o que você tiver disponível como uma roupa) e passe por todo o aparelho: passe sobre o visor, sobre as teclas, dentro do slot da bateria, etc.
  5. Espere algumas horas para que ele seque completamente para depois liga-lo novamente!

celular-caiu-na-agua-e-agora

O que você não deve fazer

Embora a situação seja chata e você fique extremamente ansioso, é muito importante que você resista à tentação e não ligue seu celular novamente até que ele esteja totalmente seco.

Além disso, deixe a história de pôr o celular no arroz para lá! Muitas pessoas dizem que dá certo, porém dependendo do modelo podem entrar pequenos pedaços do alimento nos espaços livres e encaixes do aparelho – aí além de um celular molhado você terá um celular quebrado!

O secador de cabelos pode ser uma boa – se tiver a opção de ar frio. Ar quente, nem pensar. Com o ar quente você poderá danificar ainda mais o aparelho e levar à oxidação das peças, perdendo assim a sua qualidade e comprometendo seu funcionamento.

Caso depois da secagem e montagem ele não volte à funcionar ou demonstre algum tipo de defeito, você poderá procurar uma assistência técnica autorizada e solicitar um orçamento.

A durabilidade do aparelho e sua resistência dependem de diversos aspectos, mas uma coisa é fato: celular caiu na água – paciência e bom senso! Tem que secar e esperar!