O mundo todo está acompanhando o estrago que um malware batizado de WannaCry está causando a milhares de empresas.

O WannaCry é um malware do tipo ransonware, que após infectar o sistema, criptografa os dados e solicita um pagamento de resgate em moedas virtuais (geralmente Bitcoin), o que dificulta e muito o trabalho de rastrear esses bandidos virtuais.

A boa notícia é que alguns cuidados básicos aumentam a segurança do seu computador e pode evitar que você tenha problemas, confira as dicas que o TechTube, com contribuição da BH Tech Informática, separou para você.

Mantenha o sistema operacional atualizado

Essa dica é gratuita e muitos simples para os usuários domésticos, basta manter o serviço de atualizações automáticas do Windows ativo, ou se preferir verificar manualmente por atualizações toda semana.

O WannaCry utiliza uma brecha no Windows que já foi corrigida no começo do ano, portanto quem mantém o seu sistema operacional atualizado estava livres de riscos com essa infecção.

Se você ainda utiliza o Windows XP no seu computador, a Microsoft abriu uma exceção e mesmo com o suporte ao XP encerrado, lançou uma atualização especial para o WannaCry.

No ambiente corporativo as coisas funcionam um pouco diferente, umas simples atualizações do Windows pode fazer com que determinados programas deixem de funcionar, as atualizações em grandes empresas não acontecem de forma automática, por isso foram as maiores vítimas do ataque.

Antivírus é essencial

Ter programas de proteção instalados e atualizados no seu computador continua sendo essencial para no mínimo tentar barrar uma infecção de qualquer tipo de malware.

Acompanhe os testes e identifique sempre qual o melhor antivirus para proteger o seu equipamento.

Um dos produtos líderes de mercado, o Kaspersky oferece gratuitamente uma ferramenta chamada Kaspersky Anti-Ransonware Tool (clique no link para fazer o download).

Cuidado com links e anexos

As informações são de que o WannaCry se espalhou através de anexos de e-mails disfarçados de arquivos comuns como .pdf, .xlsx (Excel) e .docx (Word).

Na dúvida, entre em contato com o remetente do e-mail e confirme o envio de um anexo (ou link externo) principalmente se for de um tamanho maior do que o comum.

Se um usuário estiver infectado ele nem mesmo sabe que está disseminando o malware para os seus contatos.

Mantenha backups externos

Se tudo falhar e você for vítima de qualquer tipo de ransonware (WannaCry é apenas um deles) é primordial que você mantenha backups externos.

Se você utiliza por exemplo um HD Externo para o seu backup e mantém conectado ao computador, na hora que o sistema for infectado os arquivos dentro do HD Externo também serão afetados.

Por isso defina uma rotina de backup de acordo com o ritmo de atualização das suas informações e mantenha o HD Externo (ou outro dispositivo) fora do computador.

De preferência tenha uma segunda opção de backup, podendo optar por opções nas nuvens como Dropbox, Google Drive e OneDrive, mas se atente para não manter o backup sincronizado com os arquivos do seu computador.

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

treze + 8 =